“É a nossa luz, não nossa escuridão que mais nos assusta.

Nosso medo mais profundo não é de sermos inadequados.

Nosso medo mais profundo é de sermos poderosos além da medida,

Mas brincar de ser pequeno não serve ao mundo.”

Coach Carter

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

papel marginal





Escrevo em guardanapos como um retirante em seu diário.
Vou deixando as coisas para trás. Bem aos poucos me livrando do que pesa.
Desenho no papel apenas o que quero levar comigo.
Escrevo para viver, embora não viva disso. Escrevo para me anestesiar.