“É a nossa luz, não nossa escuridão que mais nos assusta.

Nosso medo mais profundo não é de sermos inadequados.

Nosso medo mais profundo é de sermos poderosos além da medida,

Mas brincar de ser pequeno não serve ao mundo.”

Coach Carter

domingo, 25 de setembro de 2016

sensações

Hoje acordei com a estranha sensação de que você iria me procurar.
Levantei com a sensação de que chegaria uma notificação sua a qualquer momento.
Continuando uma conversa antiga, me contando alguma novidade, qualquer coisa.
Eu tive certeza de que você iria me chamar, apostaria minhas fichas nisso.

sábado, 24 de setembro de 2016

vazio cotidiano



Todos os dias eu chego em casa e sinto falta de te falar como foi o meu dia.
Te falar os apertos pelos quais passei no meu serviço, as pessoas que atendi.
Todos os dias eu chego e fico pensando em quem compreenderia o que quero dizer.
Quem reagiria da maneira correta às minhas histórias, quem entenderia a sensação.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Vício linguístico

Eu prometi que não falaria mais sobre você
Prometi que não deixaria outra pessoa ver o brilho dos meus olhos ao mencionar seu nome
Prometi que não te tornaria mais real do que é repetindo nossa história.
Eu prometi, e me traí mais uma vez.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Continue a nadar...

Fazem alguns meses que não conversamos.
Longos meses. Tão longos quanto anos, décadas.
Eu sinto vontade de te chamar todos os dias, a todo momento.
Só você me entendia, me entendia sem que eu precisasse falar.

sábado, 10 de setembro de 2016

a pedra filosofal

"Você vai permanecer viva em meus textos, por meio das palavras que dançam no papel, construindo a imagem da metáfora do que um dia foi você." Rebeca Vilaça

Você se tornou imortal.

Imortal nos traços que fiz no papel.
Imortal nas linhas que te escrevi.
Imortal no espaço ideal que nunca deixará de existir.
Imortal nos meus pensamentos que ecoarão para sempre no universo.
Imortal.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

ciclo da água

lá fora está uma noite tranquila, quente, escura e normal como todas as outras,
mas aqui dentro tem chovido bastante.
chovido a muito tempo e transbordado por todas as partes.
caído uma tempestade que negligencio a meses, talvez anos,
e agora estou em estado de emergência.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Have you no idea that you're in deep?

Tenho me dedicado a te esquecer, mas isso está tornando minha vida um inferno.
Não me basta apenas não pensar em você e não procurar saber como você está.
A falta de pensar em você está transformando minha vida em um segundo inferno.
Está me puxando novamente para o vazio, sem qualquer perspectiva ou vontade.