“É a nossa luz, não nossa escuridão que mais nos assusta.

Nosso medo mais profundo não é de sermos inadequados.

Nosso medo mais profundo é de sermos poderosos além da medida,

Mas brincar de ser pequeno não serve ao mundo.”

Coach Carter

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Loucura Pessoal

Me sinto solitário
Sentado neste vagão de trem
Sozinho como nunca estive antes.

O vento toca minha face,
Minha vida escorre pelos meus olhos,
Lágrimas que guardavam as últimas lembranças.
Sou tão vazio quanto o lugar em que estou.

Teu sorriso me volta a mente,
Sinto teu cabelo franjado pendendo por sobre meu ombro
Mas nada tenho.
Apenas essa lembrança de algo que um dia imaginei de nós dois.

Quem são estes garotos correndo pelo trem?
Eu os conheço de algum lugar,
De algum passado distante e feliz.
Então reconheço em cada rosto um velho amigo.

Talvez eu esteja louco
Completamente paranoico e insano
Fugindo de mim mesmo
Fazendo deste vagão escuro um esconderijo.

Mas essa noite as gotas de chuva beliscam minha janela
Descem carinhosamente rumo ao chão como kamikazes sobre tanques.
Complementam minha obscura nostalgia
Minha companheira de viagem

Rumo à dor e ao esquecimento...

Nenhum comentário:

Postar um comentário